Institucional

notre-dame-santa-isabel-institucional

A Rede de Educação Notre Dame realiza o seu fazer pedagógico inspirada na precursora da Congregação das Irmãs de Notre Dame, Santa Júlia Billiart. A francesa que vislumbrou e, em 1804, concretizou a fundação de uma congregação religiosa cujo propósito era a educação integral de crianças e adolescentes, nasceu em Cuvilly, em 1751. A obra evangelizadora e educacional de Júlia ultrapassou os limites geográficos, administrativos, metodológicos e conceituais do seu tempo e, atualmente, está presente em cinco continentes.

As primeiras religiosas missionárias que viviam sob o carisma das Irmãs de Notre Dame chegaram ao Brasil em 1923. Hoje, cerca de 10 mil crianças e adolescentes recebem, nas escolas da Rede de Educação Notre Dame, educação voltada para um mundo em constante transformação e desenvolvimento tecnológico. Para isso, as instituições de ensino mantidas no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal comprometem-se em educar sem fronteiras, o que implica estarem abertas ao novo e a antever esse novo, centradas no educando e na sociedade em que estão inseridos.

Desde 2011, a cidade onde as pioneiras foram acolhidas para iniciar a obra educacional brasileira, Passo Fundo, ao norte do Rio Grande do Sul, tem mais uma instituição de ensino Notre Dame. Trata-se da Escola de Educação Infantil Notre Dame Santa Isabel, que atende a mais de 110 crianças dos dois aos cinco anos.

Naquele ano, a Congregação das Irmãs de Notre Dame assumiu a gestão pedagógica e administrativa da, então, Creche Santa Isabel. A mudança administrativa da instituição, que anteriormente era gerida pelo Conselho Central de Passo Fundo da Sociedade de São Vicente de Paulo, foi motivada por alterações na legislação de filantropia. Elas limitaram manutenção do atendimento a crianças em idade pré-escolar a entidades filantrópicas cuja área de atuação seja a da Educação. Durante três anos, a entidade de Assistência Social ainda manteve sua presença na comunidade educativa, oferecendo oficinas, ministradas por monitores, no turno da manhã para os estudantes da própria Escola, que assistiam às aulas regulares durante a tarde.

A partir de 2014, a Escola de Educação Infantil Notre Dame Santa Isabel deixou de ter a participação dos Vicentinos no seu cotidiano. Com isso, as aulas passaram a ser oferecidas, também, no turno da manhã, duplicando o número de alunos atendidos. Atualmente, oito turmas aprendem as primeiras lições da trajetória escolar na mais jovem instituição de ensino Notre Dame. Os estudantes são selecionados através de Processo de Concessão de Bolsa de Estudo Filantópica que atende às disposições da legislação nacional.